* Cantinho Satkeys

Refresh History
  • H_Ruben: Boa tarde e bom fim de semana
    Hoje às 13:12
  • FELISCUNHA: ghyt74  49E09B4F e bom fim de semana  4tj97u<z
    Hoje às 10:32
  • Radio TugaNet: boas
    24 de Maio de 2019, 23:25
  • cereal killa: try65hytr pessoal  r4v8p
    24 de Maio de 2019, 22:09
  • FELISCUNHA: ghyt74 pessoal  k8h9m
    24 de Maio de 2019, 11:13
  • FELISCUNHA: ghyt74 pessoal  4tj97u<z
    23 de Maio de 2019, 09:46
  • FELISCUNHA: ghyt74 pessoal  49E09B4F
    22 de Maio de 2019, 10:37
  • henrike: Antes de ir votar, confirme o local de voto. Alguns foram alterados   [link]
    21 de Maio de 2019, 21:08
  • Radio TugaNet: boas
    21 de Maio de 2019, 20:02
  • Glauciano: bom
    21 de Maio de 2019, 14:48
  • FELISCUNHA: dgtgtr pessoal  49E09B4F
    21 de Maio de 2019, 14:00
  • cereal killa: try65hytr pessoal  r4v8p
    20 de Maio de 2019, 21:34
  • oscarmarroquino: ola a todos boa tarde
    20 de Maio de 2019, 19:53
  • FELISCUNHA: dgtgtr pessoal  49E09B4F
    20 de Maio de 2019, 12:05
  • maltatoda: Olá bom dia
    20 de Maio de 2019, 09:37
  • j.s.: try65hytr a todos
    19 de Maio de 2019, 23:00
  • vitoriano: boa tarde a todos membros
    19 de Maio de 2019, 18:25
  • FELISCUNHA: dgtgtr  49E09B4F e continuação de bom domingo  4tj97u<z
    19 de Maio de 2019, 17:28
  • boavisteiro: Muito boa tarde
    19 de Maio de 2019, 17:18
  • djmuletas: boa tarde
    19 de Maio de 2019, 15:28

Autor Tópico: Ordem do Infante retirada oficialmente a Armando Vara  (Lida 27 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Online Nelito

  • Sub-Administrador
  • ****
  • Mensagens: 17248
  • Karma: +2/-1
  • Sexo: Masculino
  • PORTA-TE MAL MAS COM ESTILO
Ordem do Infante retirada oficialmente a Armando Vara
« em: 14 de Março de 2019, 11:15 »

O Conselho das Ordens Nacionais retirou a Ordem do Infante D. Henrique a Armando Vara na sequência da condenação a cinco anos de prisão efetiva por crimes de tráfico de influência, no âmbito do processo Face Oculta.

A decisão de retirar a Ordem do Infante D. Henrique a Armando Vara consta de um despacho publicado em Diário da República assinado pelo secretário-geral das Ordens, Arnaldo Pereira Coutinho.

No despacho é referido que "compete aos Conselhos das Ordens efetivar a irradiação automática dos membros que por sentença judicial transitada em julgado tenham sido condenados pela prática de crime doloso punido com pena de prisão superior a três anos".

A deliberação do Conselho das Ordens Nacionais ocorreu a 31 de janeiro de 2019 e é hoje efetivada com a publicação do despacho em Diário da República.

Armando Vara foi condenado em setembro de 2014 pelo Tribunal de Aveiro a cinco anos de prisão efetiva, por três crimes de tráfico de influências, encontrando-se preso na Estabelecimento Prisional de Évora.

O coletivo de juízes deu como provado que o antigo ministro e ex-vice-presidente do BCP recebeu 25 mil euros do sucateiro Manuel Godinho, o principal arguido no caso, como compensação pelas diligências empreendidas em favor das suas empresas.

Inconformado com a decisão, o arguido recorreu para o Tribunal da Relação do Porto, que negou provimento ao recurso, mantendo integralmente o acórdão da primeira instância.

Armando Vara interpôs novo recurso, desta vez para o Supremo Tribunal de Justiça, que não foi admitido, recorrendo então para o Tribunal Constitucional, que, em julho de 2018, decidiu "não conhecer do objeto" do recurso interposto. A defesa reclamou então desta decisão, sem sucesso.

A condenação transitou em julgado no passado mês de dezembro, após esgotadas todas as possibilidades de interposição de recurso. Nessa altura, o ex-ministro informou o Tribunal de Aveiro que aceitava o trânsito imediato da decisão condenatória, declarando que pretendia apresentar-se voluntariamente para iniciar o cumprimento da pena nos termos que lhe forem determinados.

O processo Face Oculta, que começou a ser julgado em 2011, está relacionado com uma alegada rede de corrupção que teria como objetivo o favorecimento do grupo empresarial do sucateiro Manuel Godinho nos negócios com empresas do setor do Estado e privadas.

Além de Armando Vara e Manuel Godinho, foram arguidos no processo o ex-presidente da REN (Redes Energéticas Nacionais) José Penedos e o seu filho Paulo Penedos, entre outros.

Armando Vara é também um dos 28 arguidos no processo Marquês, em que o principal arguido é o ex-primeiro-ministro José Sócrates.
PORTA-TE MAL MAS COM ESTILO


 


TOP SITES

Topsiteseforuns