* Cantinho Satkeys

Refresh History
  • FELISCUNHA: ghyt74  pessoal   k8h9m
    Hoje às 11:35
  • JPratas: try65hytr Pessoal  k7y8j0 r4v8p
    Hoje às 03:00
  • cereal killa: dgtgtr pessoal  r4v8p 535reqef34
    11 de Julho de 2024, 15:02
  • FELISCUNHA: h7t45 por partilhares
    11 de Julho de 2024, 11:59
  • FELISCUNHA: ghyt74  pessoal   49E09B4F
    11 de Julho de 2024, 11:55
  • JPratas: try65hytr a Todos  2dgh8i classic k7y8j0
    09 de Julho de 2024, 22:34
  • scape: muito bem e obrigado
    08 de Julho de 2024, 15:09
  • FELISCUNHA: ghyt74  pessoal   49E09B4F
    08 de Julho de 2024, 10:33
  • Gomes: h7i37
    07 de Julho de 2024, 20:19
  • momo2free: novas
    07 de Julho de 2024, 12:05
  • FELISCUNHA: ghyt74   49E09B4F  e bom fim de semana  4tj97u<z
    06 de Julho de 2024, 11:49
  • Radio TugaNet: Bom Dia
    06 de Julho de 2024, 08:21
  • cereal killa: boas malta,forçaaaaa  xe4s xe4s xe4s
    05 de Julho de 2024, 18:07
  • JPratas: 2dgh8i k7y8j0
    05 de Julho de 2024, 03:56
  • JPratas: try65hytr a Todos  4tj97u<z
    04 de Julho de 2024, 22:21
  • FELISCUNHA: ghyt74  pessoal   49E09B4F
    04 de Julho de 2024, 11:49
  • torninha: Boa noite
    03 de Julho de 2024, 19:00
  • j.s.: agradecemos á Lolita e a um membro anónimo a sua contribuição para a manutenção do forum  h7t45 h7t45
    03 de Julho de 2024, 16:22
  • j.s.: dgtgtr a todos  4tj97u<z 4tj97u<z
    03 de Julho de 2024, 16:17
  • FELISCUNHA: ghyt74  pessoal  49E09B4F
    02 de Julho de 2024, 11:33

Autor Tópico: Maria Mota faz descoberta que pode ser chave para sobreviver à malária  (Lida 484 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Nelito

  • Membro Satkeys
  • *
  • Mensagens: 19105
  • Karma: +2/-1
  • Sexo: Masculino
  • PORTA-TE MAL MAS COM ESTILO

Grupo da investigadora portuguesa descobriu o sensor do parasita que lhe permite detetar o nível de nutrientes no hospedeiro, o que abre a porta ao desenvolvimento de novos fármacos

Uma diminuição em 30% da ingestão de nutrientes reduz a taxa de replicação do parasita da malária no sangue do hospedeiro e pode ser a diferença entre a vida e morte no caso de uma infeção de malária. A conclusão, e também a descoberta de como o parasita da malária faz este reconhecimento, é o resultado de um trabalho da equipa de Maria Mota no Instituto de Medicina Molecular (IMM), da Universidade de Lisboa, e abre portas ao desenvolvimento de novas estratégias e de novos fármacos para combater a doença.

O estudo, publicado hoje na revista Nature, é "o primeiro a mostrar que o parasita da malária tem um mecanismo, uma espécie de antena, para detetar e quantificar o nível de calorias no hospedeiro, o que lhe permite adaptar-se, replicando-se menos numa situação em que há menos nutrientes", explicou Maria Mota ao DN.

O estudo foi feito em ratinhos e os investigadores verificaram que o grupo animais que ingeriu 30% menos calorias em relação a outro que recebeu a ração habitual tinha uma quantidade muito menor de parasitas da malária no sangue.
PORTA-TE MAL MAS COM ESTILO