* Cantinho Satkeys

Actualizar Histórico
  • j.s.: try65hytr a todos  4tj97u<z
    Hoje às 18:34
  • cereal killa: dgtgtr pessoal  r4v8p
    Hoje às 13:43
  • nunes: Obrigado
    Hoje às 12:47
  • andre pakete: muito obrigadosss
    Hoje às 12:47
  • Alex-Santos: Olá boa tarde bom domingo para todos    49E09B4F     101yd91
    Hoje às 12:22
  • FELISCUNHA: Votos de um santo domingo para todo o auditório  4tj97u<z
    Hoje às 10:52
  • H_Ruben: Bom dia amigos. Feliz Domingo
    Hoje às 02:18
  • j.s.: try65hytr a todos  4tj97u<z
    21 de Julho de 2018, 22:05
  • cereal killa: dgtgtr pessoal  r4v8p
    21 de Julho de 2018, 16:03
  • ccc: bom dia e bom fim de semana
    21 de Julho de 2018, 12:48
  • FELISCUNHA: ghyt74  49E09B4F e bom fim de semana  4tj97u<z
    21 de Julho de 2018, 11:38
  • andre pakete: muito obrigados
    21 de Julho de 2018, 11:02
  • andre pakete: muito bom dia e obrigados
    21 de Julho de 2018, 10:12
  • FELISCUNHA: Boas  htg6454y
    20 de Julho de 2018, 20:33
  • cereal killa: dgtgtr pessoal  r4v8p
    20 de Julho de 2018, 20:24
  • H_Ruben: Boa tarde amigos. Bom fim de semana
    20 de Julho de 2018, 18:50
  • Nonda79: Alguém me diz porque aparece isto "Só visivel para registados e com resposta ao tópico."
    20 de Julho de 2018, 17:29
  • Nonda79: Boa Tarde como posso fazer download? Obrigado
    20 de Julho de 2018, 17:27
  • FELISCUNHA: dgtgtr pessoal  49E09B4F
    20 de Julho de 2018, 12:05
  • j.s.: boa noite a todos
    19 de Julho de 2018, 22:38
Nelito
Hoje às 11:13 por Nelito
Visualizações: 6 | Comentários: 0

É o mais recente país da NATO, com apenas 640 mil habitantes, mas a sua adesão à Aliança foi criticada pela Rússia. Presidente dos EUA disse que os montenegrinos "são pessoas muito agressivas" numa entrevista que gerou desconfiança.


  Opresidente norte-americano, Donald Trump, continua a defender uma aproximação ao homólogo russo, Vladimir Putin, depois da polémica cimeira a dois em Helsínquia. Tendo a reunião sido à porta fechada, só na presença dos tradutores, muito se especula sobre o que foi discutido. Daí a estranheza das declarações de Trump sobre Montenegro, cuja adesão à NATO foi criticada pela Rússia.

Numa entrevista à Fox News, gravada na segunda-feira ainda em Helsínquia e emitida na terça-feira, o jornalista Tucker Carlson lembra que um ataque a qualquer membro da NATO é um ataque a todos e pergunta ao presidente norte-americano porque é que o filho deve ir defender Montenegro, o mais recente membro da aliança, se houver um ataque.

Trump disse compreender: "Montenegro é um país pequeno com pessoas muito fortes. São pessoas muito agressivas. Podem ficar agressivas e, parabéns, estamos na Terceira Guerra Mundial", acrescentou.
Nelito
Hoje às 11:10 por Nelito
Visualizações: 5 | Comentários: 0

Em Marvão, o Presidente da República disse acreditar que o Orçamento para 2019 será "aprovado sem problemas". Falou depois de uma receção ao corpo diplomático e antes do Festival Internacional de Música do Marvão.

 O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que o Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) vai ser "aprovado sem problema".Foi antes de assistir a um concerto no Festival Internacional de Música do Marvão (FIMM), no distrito de Portalegre, e após uma receção ao corpo diplomático em Portugal

"Como tenho dito, aquilo que sinto e que penso, na base da realidade política portuguesa, é de que o OE2019 será aprovado sem problema", afirmou o Presidente da República. Acrescentou, ainda, ter "boas" expectativas sobre os encontros com os partidos que estão agendados para 30 e 31 deste mês".

"Eu tenho boas [expectativas]. Claro que é, não direi uma rotina, mas é um hábito adquirido, ouvi-los periodicamente. Não tem nada de dramático, precisamente a ideia é desdramatizar, ouvi-los serenamente sobre as perspetivas no futuro imediato", disse ao jornalistas.

A 5.ª edição do FIMM, prolonga-se até ao dia 29, inclui 40 concertos, que envolvem 300 músicos de 20 nacionalidades, assim como conferências, iniciativas para crianças ou encontros gastronómicos.

Segundo o Presidente da República, que já no ano passado visitou o FIMM, trata-se de "um festival espetacular, de nível europeu e mundial", para o qual convidou este ano o corpo diplomático representado em Portugal, para que os embaixadores possam "admirar o que é num concelho lindíssimo".
Nelito
Hoje às 11:08 por Nelito
Visualizações: 6 | Comentários: 0

O presidente da Câmara de Lisboa é muito crítico do novo diploma sobre alojamento local no que respeita à possibilidade de condomínios pedirem à autarquia para "fechar" o AL. Mas congratula-se com a possibilidade de autarquias imporem quotas por zona

Alfama, Mouraria e Castelo serão três bairros, todos na freguesia de Santa Maria Maior, nos quais a autarquia imporá uma moratória nos registos de alojamento local (AL) logo que - e se - o presidente da República promulgar o diploma aprovado no parlamento esta quarta-feira. "Não haverá novas autorizações, por prevenção, mesmo antes de o regulamento estar em vigor", diz Fernando Medina ao DN. "Com o regulamento em vigor poderemos juntar outras zonas a este grupo." O poder conferido aos municípios de "definir quotas de AL e zonas de contenção e expansão" é para o edil a melhor notícia do diploma. Menos prazenteira é a apreciação da possibilidade de os condomínios pedirem às autarquias para "fechar" os AL com base no incómodo para os habitantes residenciais dos edifícios: "Não podemos tomar decisões baseadas nos critérios do condomínio."

O condomínio, prossegue Medina, "pode decidir no seu livre arbítrio, mas a Câmara terá de ter um regulamento muito claro para não criar ali uma fonte de litigância. É que se eu fecho um AL sem fundamento tenho, e bem, uma ação em tribunal." Suspira. "Criaram uma ilusão de que o condomínio tem poder. Vamos tentar aplicar estas medidas, mas a solução não me parece feliz."A opção preferida pelo presidente da Câmara para lidar com aquilo que o diploma define como "prática reiterada e comprovada de atos que perturbem a normal utilização do prédio, bem como causem incómodo e afetem o descanso dos condóminos", era a existência de uma caução com um critério tipificado. Isto porque, explica, "por exemplo quando há um problema de ruído a policia vai lá mas os hóspedes não abrem a porta, e no dia seguinte já lá não estão, pelo que não é possível multar os culpados. Em caso de infração, acionávamos a caução, penalizando o dono da fração, que é quem importa responsabilizar."

"A Câmara terá de ter um regulamento muito claro para não criar ali uma fonte de litigância. É que se eu fecho um AL sem fundamento tenho, e bem, uma ação em tribunal"

Mas não foi essa a solução encontrada pelos deputados, que a seu ver criaram dois problemas para a Câmara: com os AL quando transformar as decisões dos condomínios em decisões administrativas, e com os condomínios, quando o não fizer. Acrescendo a isso, frisa, que será provavelmente necessário instituir audiências prévias para ouvir as partes. "A única hipótese que vejo é criar uma grelha com padrões objetivos, para que os condomínios saibam como instruir o processo", conclui.

E se a possibilidade de o condomínio, por maioria, se opor à instalação de um tipo específico de AL, os hostels, não lhe apresenta objeções, reconhece que não se percebe bem com que critério permite ao condomínio essa oposição mas não em relação a outros tipos de AL: "Não é muito fácil perceber, do ponto de vista dos outros condóminos, a diferença entre um apartamento transformado em hostel para 10 pessoas e o mesmo apartamento arrendado por inteiro a 10 pessoas."

Outra medida que não lhe parece feliz é a da limitação de número de AL por empresa/proprietário: "Isso é muito facilmente contornável, com a criação de outras empresas na hora."

"Criaram uma ilusão de que o condomínio tem poder. Vamos tentar aplicar estas medidas, mas a solução não me parece feliz"

Reconhecendo que a atividade de AL está "altamente profissionalizada, com proprietários a entregar a gestão a empresas, mas também altamente informalizada", aplaude a obrigatoriedade de identificação dos responsáveis pela gestão das unidades perante o condomínio e de disponibilização de manuais para os hóspedes, em várias línguas, sobre as regras de funcionamento dos prédios: "Isso é muito importante."

Quanto às objeções apresentadas pelas associações ligadas ao setor, nomeadamente a Associação do Alojamento Local em Portugal (ALEP), contra o facto de serem as câmaras a definir o sistema de quotas e os critérios de excesso de oferta, Fernando Medina responde com o estudo que a Câmara está a fazer sobre a realidade do AL. "Os dados que temos são os de registo, mas não permitem saber se se trata de AL a funcionar o ano todo ou só nas férias. Temos outro número indicativo, que é o da taxa turística; num total de 16 milhões para Lisboa, cinco são relativos a AL. Depois temos de cotejar isso com a habitação na zona e estabelecer um critério de proporção. Esperamos ter tudo definido até ao final do ano."
Nelito
Hoje às 11:06 por Nelito
Visualizações: 12 | Comentários: 1


O número de médicos brasileiros a querer trabalhar em Portugal disparou nos últimos tempos e promete subir ainda mais nos próximos meses, porque todas as semanas chegam novos pedidos de inscrição à Ordem. E tanto são jovens a dar os primeiros passos na profissão como especialistas já com 60 anos e no topo da carreira, sem um padrão que os una a não ser, na maioria dos casos, a vontade de fugir à crise económica e à insegurança das maiores cidades do Brasil. Mesmo sabendo que vão ficar a ganhar menos com a mudança.

Se no ano passado já tivemos 57 novas inscrições na Ordem dos Médicos de profissionais vindos do Brasil - sensivelmente o mesmo número do ano anterior -, quando em 2013 esse número era de apenas sete, 2018 caminha já para bater largamente o recorde da última década, a fazer lembrar vagas de imigração anteriores, como a dos dentistas no final do século passado: em apenas meio ano, e só na região sul, já houve quase tantas inscrições como em todo o ano de 2017 no total do país. Com a reeleição de Dilma Rousseff, em 2014, e o início da crise política e económica, muitos médicos brasileiros tentaram certificar diplomas nas nossas faculdades, para terem uma rede de segurança. Um plano B que agora passou a ser A para dezenas deles.

O Brasil tem cerca de 450 mil médicos, "se o país desestabiliza e se se percebe que é fácil estabelecerem-se em Portugal, vamos ter a imigração destes profissionais a subir muito", reconhece o presidente da secção sul da Ordem dos Médicos, que todas as semanas recebe novos processos de inscrição. Alexandre Valentim Lourenço aponta um problema de "pressão no nosso sistema" que pode resultar desta vaga de entradas na saúde. "É que já não temos onde colocar os nossos próprios médicos."

O Brasil tem 300 mil médicos em atividade, se o país desestabiliza e se se percebe que é fácil estabelecerem-se em Portugal, vamos ter a imigração destes profissionais a subir muito

Neste momento, há cerca de 600 médicos brasileiros a trabalhar em Portugal - contingente a aproximar-se do de espanhóis, que tem vindo a cair -, mas esse número vai "explodir ainda mais nos próximos tempo", garante ao DN um advogado que representa uma dúzia destes profissionais. Carteira de clientes que a curto prazo passará para vinte. "Há um grande interesse dos brasileiros, e não apenas médicos, em vir para Portugal para ter uma vida mais tranquila, mesmo abdicando de melhores salários."

Um médico pode ganhar pelo menos 30 mil reais (cerca de 6700 euros) por mês no Brasil

Basta uma breve pesquisa na internet para perceber que essa é uma das questões que mais preocupam os profissionais de saúde brasileiros em relação à solução portuguesa. Essa e as dificuldades burocráticas para verem os seus cursos reconhecidos no nosso país, que implicam provas nas faculdades. E as diferenças nas remunerações podem mesmo ser gritantes. Um médico pode ganhar pelo menos 30 mil reais (cerca de 6700 euros) por mês no Brasil, acumulando funções no privado - que, através dos seguros de saúde, tem um grande peso no maior país da América do Sul -, mas um profissional altamente especializado pode ganhar mais de cem mil reais (acima de 22 mil euros). Em Portugal, um assistente graduado sénior que tenha um horário de 35 horas em dedicação exclusiva ganha cerca de 4300 euros brutos, enquanto um interno não chega aos dois mil. E essa é precisamente a situação de muitos médicos que imigraram para o nosso país: tiveram de começar praticamente do zero.

"Sem especialidade não é fácil"
Só a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo tem três internos brasileiros a trabalhar nos seus centros de saúde, que se juntaram a outros três clínicos já na carreira médica. Embora já esteja no país há quase dez anos, Alessandra Pinheiro é uma dessas internas. Médica de clínica geral no Rio Grande do Sul, veio para Portugal em 2009. Ao argumento da segurança juntou o do clima e a proximidade da mãe, que já tinha cá residência. Durante quatro anos trabalhou como tarefeira em centros de saúde da região de Lisboa, o que só reforçou a vontade de se tornar médica de família. "Percebi que precisava de especialização em saúde infantil, em saúde materna, e decidi fazer a prova de seriação." Feito o ano comum em Beja, em 2013, entrou no internato no Agrupamento de Centros de Saúde Arrábida, em Setúbal, e por lá quer ficar quando se tornar especialista em Medicina Geral e Familiar, em outubro.


No entanto, segundo Alexandre Valentim Lourenço, estes profissionais nem vêm preferencialmente para o Serviço Nacional de Saúde e são mais absorvidos por unidades privadas ou PPP. "São boa aposta, porque vêm sem família, sem amigos, dedicam-se em exclusivo ao trabalho", considera o presidente da Ordem do Sul, que afirma ainda que muitos olham para Portugal como uma porta de entrada para depois irem para outros países europeus. Só num dos principais hospitais em parceria público-privada do país há três médicos brasileiros em vias de reforçar os serviços, "o que prova que há de facto um mercado nesta área", reconhece fonte de um dos maiores grupos privados de saúde.

Mas os casos multiplicam-se no país. Luísa Medeiros também teve de fazer tábua rasa da sua especialidade para mudar de vida. À beira de fazer 36 anos, formada em 2007 no Rio de Janeiro, Luísa é agora interna do primeiro ano em Medicina Física e Reabilitação em Alcoitão. No Brasil era especialista em otorrino, com internato feito em São Paulo, mas cedo percebeu que não queria ficar por aí. Como o marido é francês, decidiu em 2015 vir para a Europa. Faz até questão de sublinhar que as razões que a trouxeram para Portugal não foram sociais ou políticas, embora saiba que essa é a motivação da maioria dos profissionais que deixam o Brasil. "Ao chegar percebi que vida de médico sem especialidade não é fácil, a oferta não é boa, e decidi submeter-me à prova nacional de seriação e ao muito temido Harrison."

Candidatou-se a Medicina Física e Reabilitação e entrou na primeira opção, no Centro de Alcoitão, onde é uma "muito feliz" interna de primeiro ano. Mesmo a ganhar muito menos do que no Brasil. "Se não estivesse com o meu marido, e só com o que ganho como interna, 1250 euros líquidos, apenas conseguia alugar um quarto em Lisboa." Os índices de preços ao consumidor apresentam os mesmos valores nos dois países (1,4%), mas a inflação é significativamente maior nas áreas da habitação (2,6%) e na alimentação (2,2%) no Brasil (dados de junho do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em comparação com o nosso país (0,6% e 1,5%, respetivamente, segundo os dados da Pordata para o ano passado). "E Portugal está a crescer economicamente, acredito que as condições para os médicos também vão melhorar." Aos muitos colegas que todas as semanas lhe pedem conselhos sobre as condições em Portugal, Luísa deixa dois tipos de mensagens: incentiva a vir os que estão em início de carreira; mas desaconselha os que já estão no topo, porque a inscrição na especialidade é muito difícil.

Os médicos no topo da carreira levantam-nos outros problemas quando querem inscrever-se numa especialidade, porque o sistema de especialização lá é diferente do nosso.

Uma realidade reconhecida pelo presidente da secção sul da Ordem dos Médicos. "Os médicos no topo da carreira levantam-nos outros problemas quando querem inscrever-se numa especialidade, porque o sistema de especialização lá é diferente do nosso. Há áreas em que até há ótimos profissionais, como cirurgiões, mas outras em que não, e já tivemos processos que foram rejeitados e acabaram em tribunal, porque os candidatos nos processam." Alguns destes casos arrastam-se mais de dez anos em tribunal e o próprio processo de revalidação da especialidade não tem um prazo. Há relatos de esperas de três anos pela decisão da Ordem, explica um representante destes médicos, que ataca o "corporativismo da Ordem".

Do Rio até Beja
Lúcio Silva, 42 anos, foi daqueles que começaram praticamente do zero em Portugal. Mais de dez anos depois de ter acabado a formação em Psiquiatria no Brasil, resolveu cruzar fronteiras em 2016. Desde logo porque a mulher queria fazer doutoramento em Direito e depois porque "não estava satisfeito com a insegurança no Rio de Janeiro", que lhe ensombrava os planos de ter filhos.

Um médico brasileiro que queira vir para Portugal pode contar gastar cerca de 700 euros.

Fez a certificação da licenciatura, inscreveu-se na Ordem e fez o pedido de autonomia. Submeteu-se à prova de seriação e está no primeiro ano de internato de Psiquiatria em Beja. "Gosto do Alentejo, já me tinham dito que era quente como a minha terra, Salvador. Mas as comidas são um pouco pesadas", ri. Só os salários dão menos vontade de sorrir: "São demasiado baixos tendo em conta as rendas que estão a praticar-se, e nós temos de manter uma casa em Lisboa e outra em Beja."

Processo pode demorar um ano
Um médico brasileiro que queira vir para Portugal pode contar gastar cerca de 800 euros e esperar um ano, entre a equivalência de diplomas numa universidade portuguesa e a inscrição na Ordem dos Médicos: seis meses para fazer a certificação e ter os resultados numa faculdade de Medicina (que pode custar pelo menos 600 euros); a Ordem dos Médicos tem depois três para deferir ou indeferir os pedidos de inscrição (210 euros de joia de inscrição); mais dois meses para decidir sobre a autorização de autonomia clínica. Já a revalidação da especialidade não tem um prazo. As faculdades têm tentado criar planos comuns para uniformizar as provas de revalidação de diplomas. Neste ano a janela para inscrição nestes exames deverá ser no último trimestre.



Hoje às 01:25 por valerie | Visualizações: 11 | Comentários: 0

IPTV +18 xxx+FR+IT+DE+UK+TR+SPORT+NL+Bein+SR+RU+for  22.07.2018







  iptv 1

  iptv 2
 
 iptv 3
M@nolo
21 de Julho de 2018, 22:32 por M@nolo
Visualizações: 68 | Comentários: 9



Kizomba Dreams, Vol. 2 - Mary, Joy, Lola 2018



01- Imagine 03:49 
02- Stuck on You 03:44 
03- I Will Always Love You 03:37
04- Knocking on Heavens Door 03:58
05- One Moment in Time 04:30
06- My Heart Will Go On 04:57
07- Without You 03:59
08- Yesterday 03:25
09- Candle in the Wind 03:21 
10- Wonderful Tonight 04:04
11- I Started a Joke 03:05 
12- Goodbye My Love 03:58
13- No Woman No Cry 04:22
14- Sailing 00:03:14
15- Always on My Mind 03:32
16- Hero 03:47
17- Stand by Me 03:33
18- Fernando 03:54



Só visivel para registados e com resposta ao tópico.
21 de Julho de 2018, 18:38 por djalal19 | Visualizações: 13 | Comentários: 0

bein sport+mix 5000 world channel+vod 22/7/2018


IPTV MIX WORLD 1

https://dz4link.com/ogzxo

IPTV LATINO

https://dz4link.com/ooHzMRdv

IPTV MIX WORLD 2

https://dz4link.com/rQbIVS

IPTV MIX WORLD 3

https://www.file-upload.com/a8gtowp22jk2

IPTV MIX WORLD 4

https://www.file-upload.com/wzv506nvmcke
21 de Julho de 2018, 18:11 por vsirine2000 | Visualizações: 10 | Comentários: 0

Enlaces exclusivos de iptv y lista de canales Iptv 22.07.2018




  iptv 1

  iptv 2
 
 iptv 3
babayHD
21 de Julho de 2018, 11:06 por babayHD
Visualizações: 6 | Comentários: 0

Goldfrapp - Baloise Session (2017) HDTV


Screenshots:


Setlist:
01 - Train
02 - You Never Know
03 - Slide In
04 - Everything Is Never Enough
05 - Become the One
06 - Systemagic
07 - Number 1
08 - Ride a White Horse
09 - Ooh La La
10 - Strict Machine

Info:
Source:

Lineage: Vu+Solo2 DVB-S2 satellite receiver -> HDD -> Smart Cutter 1.92 -> .ts file format
Genre:  Electronic | Synthpop
Quality:  HDTV | 720p
Format:  TS | 10.2Mbps
Length:  00:51:00 | 4.19Gb
Video:  H.264 | 1280x720 | 16:9 | 50.000fps
Audio 1:  MP2 | 192kbps | 48kHz | 2 channels: L R
Audio 2:  AC3 | 448kbps | 48kHz | 6 channels: Front: L C R, Surround: L R
Language:  English

Capper: Galexanders

Download:
Só visivel para registados e com resposta ao tópico.
pass: galexandersHD

Attention: Files are subject to expiration and can be automatically deleted if their not downloaded 30 days after the last download.

babayHD
21 de Julho de 2018, 11:01 por babayHD
Visualizações: 7 | Comentários: 0

Bell,Book & Candle - Schlagerparty (2018) HDTV


Screenshots:


Setlist:
01 - Liebeslied
02 - Rescue Me

Info:
Source:

Lineage: Vu+Solo2 DVB-S2 satellite receiver -> HDD -> Videoredo TV Suite 4 -> .ts file format
Genre:  Pop | Rock
Quality:  HDTV | 720p
Format:  TS | 13.5Mbps
Length:  00:08:07 | 850Mb
Video:  H.264 | 1280x720 | 16:9 | 50.000fps
Audio:  AC3 | 448kbps | 48kHz | 2 channels: L R
Language:  English

Capper: Galexanders


Só visivel para registados e com resposta ao tópico.
pass: galexandersHD

Attention: Files are subject to expiration and can be automatically deleted if their not downloaded 30 days after the last download.

babayHD
21 de Julho de 2018, 10:58 por babayHD
Visualizações: 7 | Comentários: 0

George Michael - MTV Unplugged 1996 (2018) HDTV


Screenshots:


Setlist:
01 - Freedom'90
02 - Fast Love
03 - I Can't Make You Love Me
04 - Father Figure
05 - You Have Been Loved
06 - Everything She Wants
07 - Praying For Time
08 - Star People

Description: George Michael, recorded live at Three Mills Studios, London in October, 1996, and aired only once in 1997. 
George performs his hits in front of a live orchestra.

Info:
Source:

Lineage: Vu+Solo2 DVB-S2 satellite receiver -> HDD -> Smart Cutter 1.92 -> .ts file format
Genre:  Pop
Quality:  HDTV | 1080i
Format:  TS | 4285kbps
Length:  00:47:00 | 1.4Gb
Video:  H.264 | 1920x1080i | 16:9 (4:3) | 25.000fps
Audio 1:  MP2 | 256kbps | 48kHz | 2 channels: L R
Audio 2:  AC3 | 384kbps | 48kHz | 6 channels: Front: L C R, Surround: L R
Language:  English

Capper: Galexanders


Só visivel para registados e com resposta ao tópico.
pass: galexandersHD

Attention: Files are subject to expiration and can be automatically deleted if their not downloaded 30 days after the last download.

babayHD
21 de Julho de 2018, 10:55 por babayHD
Visualizações: 6 | Comentários: 0


Gorillaz - Paleo Festival Nyon (2018) HD 1080p


Screenshots:


Setlist:
01 - M1 A1
02 - Tranz
03 - Last Living Souls
04 - Rhinestone Eyes
05 - Tomorrow Comes Today
06 - Every Planet We Reach Is Dead
07 - Humility
08 - Superfast Jellyfish (with De La Soul)
09 - Ident ("madam")
10 - On Melancholy Hill
11 - El Maсana
12 - Fire Flies
13 - Strobelite (with Peven Everett)
14 - Interlude: Elevator Going Up
15 - Andromeda
16 - Hollywood (with Jamie Principle)
17 - Garage Palace (with Little Simz)
18 - Stylo (with Peven Everett)
19 - Magic City
20 - Dirty Harry
21 - Feel Good Inc. (with De La Soul)
22 - Souk Eye
 Encore:
23 - Lake Zurich
24 - Saturnz Barz
25 - Kids With Guns
26 - Clint Eastwood

Info:
Genre:  Alternative Rock
Quality:  WEB-DL | 1080p
Format:  TS | 6720kbps
Length:  01:37:00 | 4.61Gb
Video:  H.264 | 1920x1080 | 16:9 | 30.000fps
Audio:  AAC | 128kbps | 48kHz | 2 channels: L
Language:  English


Só visivel para registados e com resposta ao tópico.
pass: galexandersHD

Attention: Files are subject to expiration and can be automatically deleted if their not downloaded 30 days after the last download.

cereal killa
21 de Julho de 2018, 08:57 por cereal killa
Visualizações: 84 | Comentários: 14





Só visivel para registados e com resposta ao tópico.
21 de Julho de 2018, 04:10 por vsirine2000 | Visualizações: 12 | Comentários: 0

IPTV M3u Playlist 21.07.2018



https://short2win.com/c3zJ


https://dz4link.com/rmS35J
21 de Julho de 2018, 01:00 por ASERooooyyyyyy1 | Visualizações: 12 | Comentários: 0

iptv playlist 1
DOWNLOAD || تحميل
iptv playlist 2
DOWNLOAD || تحميل
20 de Julho de 2018, 18:13 por vsirine2000 | Visualizações: 9 | Comentários: 0

Exclusive iptv links and Channels Iptv list 21.07.2018



  iptv 1

  iptv 2
 
 iptv 3
20 de Julho de 2018, 17:43 por Nonda79 | Visualizações: 31 | Comentários: 4

Olá a todos.
Eu sou a Nonda79, nova no Satkeys forum.
Obrigado por fazer parte desta página!
Nelito
20 de Julho de 2018, 13:03 por Nelito
Visualizações: 9 | Comentários: 0



O chefe de segurança de Emmanuel Macron foi detido e a Presidência já iniciou o processo de demissão, após a divulgação de imagens em que se via Alexandre Benalla a agredir um manifestante.

De acordo com a agência EFE, Alexandre Benalla, chefe de segurança e um dos colaboradores mais próximos do presidente francês, foi preso por "violência em grupo por uma pessoa encarregada de uma missão de serviço público, usurpação de funções e posse ilegal de insígnias reservadas à autoridade pública".

Fontes judiciais disseram ainda à EFE que Alexandre Benalla foi também preso por "cumplicidade na apropriação indevida de imagens de um sistema de videovigilância".

O Ministério Público abriu uma investigação na quinta-feira depois de o jornal "Le Monde" ter publicado um vídeo na noite de quarta-feira em que Alexandre Benalla era visto a agredir manifestantes, o que gerou uma "tempestade política" no país, onde a oposição acusa as autoridades de tentarem esconder o caso.
Nelito
20 de Julho de 2018, 13:01 por Nelito
Visualizações: 7 | Comentários: 0



As autoridades da Suécia anunciaram esta sexta-feira que a extinção dos maiores fogos florestais em curso no país, que consumiram mais de 20.000 hectares nos últimos dias, poderá demorar semanas.

O responsável da Agência de Proteção Civil sueca, Dan Eliasson, assegurou em conferência de imprensa que atualmente "os maiores fogos não podem ser extintos" e que os efetivos no terreno estão a tratar do perímetro dos incêndios.

Segundo Eliasson, o objetivo das operações de contenção é evitar a propagação dos fogos enquanto se espera por uma alteração das condições meteorológicas no país, que atualmente enfrenta temperaturas extremamente elevadas.

"Os serviços de emergência estão a trabalhar para minimizar a propagação, enquanto esperamos que o tempo mude. Isto poderá demorar semanas", afirmou Eliasson, segundo o jornal Dagens Nyheter.

O incêndio de maiores dimensões já queimou cerca de 8.500 hectares do município de Ljusdal (no centro do país), segundo cálculos dos bombeiros citados por meios de comunicação locais, que expressam a dificuldade em conter as chamas apesar da ajuda internacional.

Segundo a rádio pública sueca, "centenas de pessoas" foram obrigadas a abandonar as suas residências, por precaução, devido ao avanço das chamas nos pequenos municípios das províncias de Jämtland, Västerbotten, Gävleborg e Dalarna.

O centro e o sul do país são os mais afetados, no entanto contam-se fogos em todo o território sueco.

"A situação em que nos encontramos é rara", disse o primeiro-ministro sueco, Stefan Löfven, durante uma visita a uma das regiões mais afetadas.

No combate aos 50 incêndios florestais registados encontram-se todos os corpos de bombeiros disponíveis, incluindo os que estavam de férias, centenas de voluntários coordenados pela Cruz Vermelha e cerca de 500 soldados, auxiliados por dois helicópteros e por um avião de transporte.

A Suécia pediu na quinta-feira ajuda à União Europeia (UE), através do Mecanismo Europeu de Proteção Civil.

A Noruega enviou 10 helicópteros e a Itália e França forneceram dois hidroaviões cada.

A multiplicação dos incêndios em curso no país deve-se à vaga de calor pouco habitual, após semanas sem chuva, verificando-se em Upsalla, a 70 quilómetros a norte de Estocolmo, temperaturas recorde superiores a 33 graus.

Este mês já se registaram três vezes mais incêndios na Suécia do que no mesmo período do ano passado.
Páginas: [1] 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15

* radio

TOP SITES

Topsiteseforuns